quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Farinha de coco faz emagrecer.....




...e controla doenças como o diabetes

Talvez não seja mais novidade quanto aos benefícios do oléo de coco, porque já foi tema de muitos posts e pauta de reportagens na tv, eu sou uma consumidora assídua dele é claro que estou sempre alternando o consumo, no momento estou tomando o shake (feito em farmácia de manipulação) receitado pela minha nutricionista.

Hoje, quando li essa matéria me interessei muito, ainda não tinha ouvido falar na farinha de coco, então achei que vocês também iriam curtir mais essa "novidade" que provavelmente logo logo, será matéria do globo repórter. rsrs

Fonte de imagem:aqui

O óleo de coco já transformou a rotina de muita gente que sofre para emagrecer. Depois dele, outro derivado da fruta deve fazer sucesso: a farinha (ou farelo) de coco já aparece como parte da alimentação voltada à perda de peso. "Esse produto é natural e tem baixos níveis de gorduras, já que elas foram retiradas para formar o óleo de coco", afirma o nutrólogo Wilson Rondó, especialista do Minha Vida. "Além disso, a farinha de coco possui propriedades que favorecem a perda de peso, reduzem o colesterol ruim e até controlam os níveis de açúcar no sangue", aponta o especialista.

A moda está chegando ao Brasil agora, mas o estudo mais abrangente sobre o assunto, publicado na revista Innovative Food Science and Emerging Technlologies, já dava a dica em 2006: os pesquisadores descobriram que a farinha de coco diminui o índice glicêmico dos alimentos e controla os níveis de colesterol das pessoas que comem sem impedir a absorção de outros nutrientes. Vendido em lojas de produtos naturais, o produto pode ser consumido acompanhando frutas, iogurte, vitaminas e até mesmo em receitas, como substituta da farinha de trigo. Entenda como ela age no organismo e aproveite os seus benefícios: 

Melhora a saciedade
O nutrólogo Wilson Rondó, da Associação Brasileira de Nutrologia, de São Paulo, explica que as fibras respondem por 70% da composição da farinha de coco, quatro vezes mais que o farelo de aveia, por exemplo. Essa alta concentração deixa a digestão mais lenta e gera mais saciedade. "Ao ser digerido, o farelo de coco forma um bolo no estômago, fator que também contribui para adiar a fome", afirma o especialista. "Você pode associar o farelo a frutas e ele irá retardar a digestão do prato como um todo, potencializando seu lanche."

Não contém glúten

A farinha de coco não contém glúten, sendo indicada para pessoas que têm intolerância ao glúten ou doença celíaca. "Ela pode ser acrescentada a receitas de bolos, pães e tortas que geralmente seriam feitas com farinha de trigo, sem causar prejuízos ao sabor ou à composição do prato", diz o nutricionista Israel Adolfo, de São Paulo. 

Ajuda no controle do diabetes

Segundo uma pesquisa realizada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia do Instituto de Pesquisa sobre Alimentos e Nutrição das Filipinas, publicada em 2006 na revista Innovative Food Science and Emerging Technlologies, o índice glicêmico dos alimentos diminui quando eles são consumidos com a farinha de coco. Isso acontece porque o farelo contém fibras de lenta absorção que, ao serem digeridas, liberam açúcar no sangue em baixas quantidades, equilibrando as taxas de glicose e consequentemente ajudando no controle do diabetes. "Ao associar a farinha de coco com outros alimentos de alto índice glicêmico, como batatas, você estende os efeitos da lenta absorção a esses pratos também", afirma Israel Adolfo. 

Melhora o trânsito intestinal

O farelo de coco possui fibras que servem de alimento para a flora intestinal, ajudando a estimular o crescimento de bactérias boas para o aparelho, fazendo com que ele funcione melhor. "A farinha regula a digestão e é uma boa pedida para pessoas que sofrem com intestino preso", diz o nutrólogo Wilson. 

Fortalece a imunidade

O crescimento da flora intestinal benéfica proporcionado pelo farelo irá melhorar o funcionamento do intestino, e consequentemente ajudará na imunidade. Com esse sistema trabalho a todo vapor, nosso organismo irá combater com mais eficiência as bactérias ruins que entram pelo nosso corpo por meio da alimentação. "Além disso, o contato das fibras da farinha com a flora intestinal produz ácidos graxos de cadeia curta e triglicérides de cadeia média, que irão estimular o sistema de defesa como um todo", afirma Wilson Rondó. 

Controla o colesterol

O estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa das Filipinas também descobriu que as fibras dietéticas provenientes da farinha de coco ajudam na redução do colesterol total, do colesterol LDL e dos triglicérides de pessoas com níveis moderadamente elevados. Para entender a ação da farinha de coco na redução dessa substância, Israel explica que muito do colesterol presente no nosso corpo é produzido pelo próprio fígado, para atuar na digestão de gorduras, e também é chamado de sal biliar. "Depois de ser usado na digestão dos alimentos, esse sal volta para o fígado, onde deve ser reabsorvido para produzir uma nova bile", diz o especialista. No entanto, se a flora intestinal não estiver funcionando como deveria, ele não é absorvido e vai para a corrente sanguínea, elevando os níveis de colesterol no sangue. "Por ajudar a flora intestinal a funcionar melhor, a farinha de coco melhora indiretamente essa absorção do sal biliar, impedindo que ele se acumule no sangue e controlando suas taxas."

Acelera o metabolismo

Se consumida diariamente, a farinha de coco pode acelerar o metabolismo, aumentando o gasto energético e favorecendo o emagrecimento. "Os triglicérides gerados pela digestão da farinha irão estimular o funcionamento da glândula tireoide, que está diretamente ligada ao bom funcionamento do metabolismo", afirma Wilson Rondó. Isso fará com que nosso corpo gaste mais calorias ao longo do dia, ajudando na luta contra a balança.  

Matéria de Carolina Gonçalves
  
Dei uma pesquisada na internet quanto ao preço, em média custa R$ 21,00 o pacote de 500g.
Se por acaso alguém já havia experimentado, nos conte o que achou.

Bjs

13 comentários:

  1. Parece bom demais....
    Uma colher de sopa de vinagre de sidra num copo de água em jejum também ajuda a emagrecer...
    Beijoca
    Anna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazendo uma dieta equilibrada!!

      Excluir
  2. Interessante e bom saber disso!!Não sabia!beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito disso pq estou de dieta vo prokurar já beijos aprovado!!!

    ResponderExcluir
  4. OI Ro,
    Não conhecia a farinha, mas gostei da dica. Eu andei tomando as cápsulas de óleo de coc, mas não vi grande diferença.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosangela
    Já ouvi falar nesta farinha e no óleo de coco, mas não sabia destas informações.
    Se tudo isto for verídico e testado temos mais é que aderir a ela.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ro, poxa eu nunca havia ouvido falar nas propriedades da farinha de coco. Se comer o coco cru nao tem os mesmos efeitos?
    bjsss

    ResponderExcluir
  7. Oi Rosangela, tudo bem?

    Cada dia que passa a gente sempre aprende mais. Pra mim foi novidade, achei

    interessante.

    Ótimo final de semana e um beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  8. Nao sabia disso, mas amei saber vou procurar mais informacoes sobre e ve se tem por aqui.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oi Rô!

    Que beleza suas informações. Vou procurar por aqui.

    Beijos
    Selma

    ResponderExcluir
  10. Rô, faz algum tempo q postei no meu face sobre o óleo de coco. temos que ter cuidado ao tomar, pq ele pode fazer efeito contrário (engordar), além de ser um óleo e fazer mal para o fígado.... Com medo resolvi parar. Se achar a matéria coloco o link aqui para você. Beijos. Cris Lima

    ResponderExcluir
  11. Não achei o link q postei no face mas era parecido com essa matéria. Cris Lima. Link: http://noticias.r7.com/saude/noticias/oleo-de-coco-e-pura-ilusao-para-perder-peso-e-pode-aumentar-o-colesterol-20120330.html?question=0

    ResponderExcluir
  12. Óleo de coco é “pura ilusão” para perder peso e pode aumentar o colesterol.

    Pode ser na forma líquida, na forma de pílula, não importa. O óleo de coco é o assunto do momento quando a questão é a busca pelo emagrecimento. Muitos já aderiram à moda e tem até famoso que revelou a perda de diversos quilos com a ajuda deste elemento natural. Apesar de ele ser a febre do momento, médicos afirmam que o óleo de coco usado como suplemento é “pura ilusão e não adianta em nada” na perda de peso.
    De acordo com a médica endocrinologista Cíntia Cercato, do grupo de obesidades do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo), não existe nenhum estudo científico que prove esta característica do produto.

    Esse modismo na utilização do óleo de coco não faz nenhum sentido com o intuito de emagrecer. Óleo de coco é gordura saturada, e em tese é uma gordura ruim. O que ele difere de outras gorduras é porque ele um ácido graxo composto de cadeia média [ou seja, sua metabolização pelo organismo pode ser mais rápida que vários outros tipos de gordura].

    Além de não ajudar a diminuir a silhueta, o óleo de coco como, qualquer outra gordura em excesso, pode aumentar o peso e colesterol, segundo Cíntia.

    Link: http://noticias.r7.com/saude/noticias/oleo-de-coco-e-pura-ilusao-para-perder-peso-e-pode-aumentar-o-colesterol-20120330.html?question=0

    ResponderExcluir

Deixe seu blá blá blá, isso me deixa muito FELIZ. :) :)
Os comentários serão retribuídos com uma visitinha e um comentário meu no seu cantinho!
Namastê!